1999 - Sempre

 

 

Sempre

Que a lembrança lembrar
Que a esperança aguardar

E guardar a guarda do sentir
O Sempre irá existir

Sempre

Que o instante for eternidade
Que o eterno for alacridade

E guardar a guarda de ti
O Sempre terá lar aqui

Sempre

Que a palavra encantar
Que o sentimento elevar

Que o Amor mantiver
E guardar a guarda de um fim

O Sempre terá alma em mim...
Onde todas as janelas levam ao céu

A rosa mais bela carrega seu nome
Nascida em pleno jardim... onde todas as janelas levam ao céu

Onde a dor e a saudade... esqueceram de existir.

**Poema integrante do livro "No Castelo do Espírito", de Andrey Cechelero**

 





(0) Comentários
Nenhum comentário disponível.
Nome: *
E-mail: *
Mensagem: *

*Campos Obrigatórios

destaques

  •  

    15 ANOS DE CARREIRA DE ANDREY CECHELERO

  •  

    Uma seleção de músicas com imagens belíssimas

  •  

    Primeiro livro de Andrey Cechelero - poemas