2013 - SOU

 

SOU

VISITANTE EM MEU PRÓPRIO LAR

VIAJANTE BUSCANDO ESTAR

HABITANTE DE UM SÓ LUGAR

SOU DE DEUS, DE ADEUS E VOLTAR...

NADA TENHO ALÉM DO QUE SOU

NADA LEVO ALÉM DO QUE SOU

SOU DE DEUS, DE ADEUS E VOLTAR...

CINTILANTE... O CÉU A SONHAR

FLAMEJANTE... TAL CHAMA A VOAR

IMPORTANTE... O FIM QUE TERÁ

SOU DE DEUS, DE ADEUS E VOLTAR...

NADA TENHO ALÉM DO QUE SOU

NADA LEVO ALÉM DO QUE SOU

SOU PARTIDA, TRILHA E CHEGAR.





(1) Comentários
  • Nair Mizrahy Cuperschmid 15.08.2013 às 16:12:54

    A inspiração provocada por esta poesia equilibra nossos anseios, direcionandoa uma existencia plena. Obrigada Andrey.
Nome: *
E-mail: *
Mensagem: *

*Campos Obrigatórios

destaques

  •  

    15 ANOS DE CARREIRA DE ANDREY CECHELERO

  •  

    Uma seleção de músicas com imagens belíssimas

  •  

    Primeiro livro de Andrey Cechelero - poemas