1999 - Partir

 

 

O que é o partir
senão um chegar visto de lá...
Como um novo existir,
nascido Do mais sábio que há.

Pontes destes mares...
Ata mil lugares...
E leva-me daqui.

Teu profetizares...
Teus mistérios, ares...
Não passam de "porvir"

Nestas longas horas
Canto, pranto, choras...
Não sentes teu pulsar

Longas, longas horas
Passam, quando oras...
Confias no Deus "lar"

O que é um adeus
Senão como aprender a amar...
"Morte do hoje eu

Vida à paz que se busca encontrar..."

 





(0) Comentários
Nenhum comentário disponível.
Nome: *
E-mail: *
Mensagem: *

*Campos Obrigatórios

destaques

  •  

    15 ANOS DE CARREIRA DE ANDREY CECHELERO

  •  

    Uma seleção de músicas com imagens belíssimas

  •  

    Primeiro livro de Andrey Cechelero - poemas