1999 - Tristeza

 

 

Se te encontrei em algum lugar
Já te perdi em todo mar
De mil canções se fez o mar
Apaixonado pela praia
E o sol que raia
Embala os dois

Se agora chegas vais passar
Porque este vento vai levar
E te lembrar de sorrir
E de ouvir o som das flores
Milhões de cores
Em teu ar

Se é impossível te deixar
Te deixo em mãos o meu cantar
Para que o amor te possa amar
E só assim te faça leve
E então alegre
Possas ser

Se é impreciso meu viver
Preciso tanto te esquecer
Para que enfim eu possa ver
E compreender o sol poente
Sobre essa gente
Carente de sol


**Poema integrante do livro "No Castelo do Espírito", de Andrey Cechelero**





(0) Comentários
Nenhum comentário disponível.
Nome: *
E-mail: *
Mensagem: *

*Campos Obrigatórios

destaques

  •  

    15 ANOS DE CARREIRA DE ANDREY CECHELERO

  •  

    Uma seleção de músicas com imagens belíssimas

  •  

    Primeiro livro de Andrey Cechelero - poemas